Ciudad del Este, Paraguai

Uma das cidades da tríplice fronteira. Paraguai, Brasil e Argentina são tão próximos que com apenas um RG em mãos é possível dar um pulinho em cada lugar em poucas horas.

Ciudad del Este é (ou foi) conhecida como o paraíso das compras. Por muito tempo as pessoas viajavam milhares de quilômetros para se deliciar comprando de tudo com preço muito baixo. A crise econômica no Brasil, seguida de alta do dólar e recessão mudaram um pouco esse cenário e você não anda mais como
sardinha pelas ruas, mas ainda assim, é possível achar muita coisa com preço bom, e além das compras, a cidade esconde lugares incríveis bem diferentes do centro sujo, feio, e conhecido pela maioria. Sim, o centro parece o Brás na região central de São Paulo, um pouco piorado, mais saindo do centro a cidade se mostra em grande evolução e os esforços por parte da prefeitura de tornar a cidade mais atrativa vem surtindo resultado. Alguns bares, um lindo lago com pista para caminhada e uma cidade que anseia por turistas podem ser encontrados a menos de 10 minutos de caminhada da famosa ponte da amizade.

No começo você pode se assustar com a quantidade de seguranças armados (e quando digo armados, são armados mesmo) pelas ruas, mas depois de um tempo você se acostuma, vira paisagem, e de certa forma, faz com que nos sintamos mais seguros. Querendo ou não a cidade movimenta muita grana, muita casa de câmbio, e muito depósito com alguns milhões guardados em produtos.

Lá você encontra uma disseminação muito grande de cultura. Paraguaios, Brasileiros, Argentinos, Chineses e Árabes predominam. Estes últimos, os grandes responsáveis pelas dimensões comerciais que a cidade tomou ao longo dos anos.

O conteúdo do destino Ciudad del Este no Paraguai é uma colaboração do viajante Guilherme Engel.

Dica dos viajantes

Veja mais  

Artigos

Veja mais  

Atrações e sugestões

Veja mais